quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Lições da Natureza: Obstáculos

Se um falcão for colocado em um cercado com um metro quadrado inteiramente aberto por cima, o pássaro, apesar de sua incrível habilidade de voar, será um prisioneiro.

A razão é que um falcão sempre começa um vôo com uma pequena corrida em terra.

Sem espaço para correr, nem mesmo tentará voar, permanecerá prisioneiro pelo resto da vida nessa cadeia sem teto.

O morcego, criatura notavelmente ágil no ar, não pode sair de um lugar nivelado.

Se for colocado em um piso completamente plano, tudo que consegue fazer é andar de forma confusa, dolorosa, procurando alguma ligeira elevação de onde possa se jogar.

Um zangão, se cair em um pote aberto, ficará lá até morrer ou ser removido.

Ele não vê a saída no alto, por isso, persiste em tentar sair através dos lados próximos ao fundo.

Procurará uma maneira onde não existe nenhuma, até que se destrua completamente, de tanto se atirar contra o fundo do vidro.

Há pessoas como o falcão, o morcego e o zangão: atiram-se obstinadamente contra os obstáculos, sem perceber que a saída está logo "acima" .

Autor desconhecido

2 comentários:

  1. ola meu nome é silvana tenho uma filha de 3 anos a maria luiza que tem varias caractericas autistas a persar de não ter um diagnostico fechado
    eu como mãe de mais 3 filhos percebi que ela sempre foi diferente dos outros, queria muita me comunicar com vcs pais do Peu, não tenho com quem conversar pois parece que minha filha é a unica criança no mundo assim
    meu msn e email sls.mafort@hotmail.com e tenho orkut tbm "silvana mafort" londrina pr

    ResponderExcluir
  2. Marcelo,
    Meu nome é Fanni,sou avó de um menino de 3 anos,com espectro autista.Nestes dias minha filha, mãe do menino, tomou conhecimeto do son-rise e pensa em fazer o próximo workshop. Gostaria de saber de você, que já fez os dois módulos e pôs a técnica em prática com Pedro, se a aplicação desse método apresentou bons resultados no seu filho. Vale a pena fazer o workshop?
    Agradeço a atenção que puder me dar.
    Meu e-email fanni@globo.com

    ResponderExcluir