domingo, 13 de janeiro de 2008

CID-10 e Transtorno Invasivo do Desenvolvimento

No V Congresso Brasileiro de Autismo e na IX Jornada Regional de Autismo, realizados em Gramado, em outubro de 2000, foi realizado um debate entre os especialistas na tentativa de se chegar a um consenso sobre o fato de que o autismo, ou seja, que a Síndrome do Autismo deva ser diagnosticada por clínicos e pesquisadores. O diagnóstico deve ser inserido na convergência de dois sistemas de classificação diagnóstica: 1. O da Organização Mundial da Saúde, registrado no CID-10 (Classificação Internacional das Doenças, 10ª versão); 2. O do DSM IV (Diagnostical Statistical Manual - versão 4), desenvolvido pela Associação Americana de Psiquiatria.

Esses sistemas possuem bases filosóficas diferentes, sendo que o DSM-IV é um sistema focado nos sintomas que, posteriormente, definem categorias. O CID-10 é um sistema que busca um único diagnóstico, capaz de explicar os problemas do paciente. As condições classificadas como Distúrbios Globais do Desenvolvimento, pelo DSM-IV, e como Transtornos Invasivos do Desenvolvimento, pela CID-10.Tanto a CID-10 quanto o DSM-IV estabelecem como critério para o transtorno autista o comprometimento em três áreas principais: alterações qualitativas das interações sociais recíprocas; modalidades de comunicação; interesses e atividades restritos e repetitivos.

Finalmente, cabe ressaltar a mudança na forma de conceber o autismo, passando da condição de "doença" com identidade definida e distinta dos quadros envolvendo problemas orgânicos para a de "síndrome" (conjunto de sintomas). Dessa forma, quando se fala de transtornos ou síndromes autísticas, quer-se designar a "tríade de comprometimentos" independentemente da sua associação com aspectos orgânicos. Em outras palavras, a síndrome do autismo identifica um perfil comportamental com diferentes etiologias.

2 comentários:

  1. gostaria d saber quais as causas do transorno ivasivo do desemvolvimento.Tenho uma filha com esse problema sem sindrome

    ResponderExcluir
  2. Também gostaria de conhecer, tenho um filho com essas caractristicas

    ResponderExcluir